Primeiro você sente depois você realiza!

14731305_1817175711830988_7924505643832261080_n
Quinta turma do Neuroliderança e Coaching
1 de novembro de 2016
14606534_1817081988507027_5057633715595209744_n
Deixar de sonhar é deixar de viver!
1 de novembro de 2016
Mostrar tudo

Primeiro você sente depois você realiza!

14606534_1817081988507027_5057633715595209744_n

E se eu te dissesse que dentro de você existe a cura de todas as suas doenças e problemas, e também o caminho para a prosperidade e felicidade que tanto procura? Te interessaria essa informação? Então vamos lá, durante muito tempo acreditamos, nós e a ciência de que primeiro nós tomamos uma decisão, realizamos algo, conquistamos bens e depois sentimos felicidade, gratidão e demais sentimentos positivos como consequência disso. Bom, se pegarmos as pesquisas com as pessoas que ganharam na mega sena, vamos nos surpreender ao descobrir que após algum tempo elas estavam mais infelizes do que antes de ter ganhado a bolada de dinheiro que mudou as suas vidas. Mudou a casa, o carro, a rua, o país, as viagens, sim! Mas não mudou a eles mesmos e a forma como pensam, sentem e se relacionam com suas vidas. E aqui cai por terra mais um paradigma, nada externo produz felicidade, somente contentamento, mas eu falarei disso no próximo artigo. Hoje vamos entender como produzir a farmacinha natural que temos dentro de nós.

Se eu dissesse para você parar agora e exercitar ela comigo, sentindo antes de entender ela racionalmente, você toparia? Certeza que sim! Pega um papel e escreva para mim agora cinco motivos pelos quais você é grato na sua vida hoje. Agora olhe para o que escreveu e tente mensurar isso em um valor. Você consegue colocar um valor para sua familia? Amor? Saúde? Não, você é ou não é a pessoa mais rica do mundo? O que aconteceu no seu cérebro agora é que ele simplesmente parou de pensar no que falta e se concentrou no que você já possui. E pasmem, não podemos sentir duas coisas ao mesmo tempo. Então se você sentiu gratidão, você deixou de sentir medo, insegurança, de pensar nos problemas…

Quando geramos sentimentos de gratidão, ativamos o sistema de recompensa do nosso cérebro, que é responsável pela sensação de bem estar e prazer. O sistema de recompensa do cérebro é a base neurológica da satisfação e auto estima.  E a gratidão exercitada estimula a ação dessa área. Quando o cérebro identifica algo de bom que aconteceu, que deu certo e que fomos bem sucedidos e somos gratos por isso, liberamos dopamina, um importante neurotransmissor. A dopamina aumenta o seu nível de prazer. Por isso pessoas que manifestam gratidão exibem níveis elevados de emoção positiva, satisfação com a vida, vitalidade e otimismo.

A gratidão também estimula a ocitocina, hormônio do afeto que traz tranquilidade, reduz a ansiedade, o medo e a fobia. Isso significa que, ela não apenas faz você sentir-se bem, mas ela também dissolve o medo, a angustia e sentimento de raiva, ficando bem mais fácil controlar esses estados mentais tóxicos e desnecessários.

Nosso cérebro não é capaz de sentir gratidão e infelicidade ao mesmo tempo. Então ocupe o seu espaço cerebral com sentimentos diários de gratidão, afinal o que você sente você realiza e a gratidão é criada. Isso mesmo, é uma escolha. Exercite a gratidão, experimente e libere em você a cura das suas doenças e a química da prosperidade. Aliás, gratidão por você ter lido esse texto e mais gratidão ainda se você não reter isso somente para você e impactar outras pessoas o que também levará você a sentir-se bem e se você se sente bem, você atrai o bem!

 

Namastê e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *